Liga nacional de futebol americano(BFA) suspende temporada 2020

Um jogo da BFA envolve muita gente, desde jogadores até vendedores ambulantes em estádios. O cenário atual no Brasil e no mundo exige medidas fortes para que possamos proteger a saúde de todas essas pessoas. Promover jogos de futebol americano, dentro da situação em que estamos vivendo, seria colocar em risco a saúde de todos os envolvidos. Por isso definimos, inicialmente, que o campeonato não começaria em julho, como havia sido programado.

Para diminuir custos reduzimos, em um primeiro momento, a temporada regular das equipes da Elite, e todos passariam a disputar 4 jogos antes dos playoffs. Já em um passo seguinte, analisamos as possibilidades de execução da BFA: fase regular e playoffs regionais seguidos de fase nacional; cancelamento da fase nacional e encerramento com campeões regionais; disputa regionalizada com jogos dentro do estado seguidos de playoffs dentro da região; essas foram algumas opções elaboradas.

Em paralelo, monitoramos a evolução do cenário em cada estado do Brasil, bem como acompanhamos a situação dos times durante esse período. Observamos que a questão financeira foi drasticamente afetada; tanto dos times, com a perda de patrocínios ou formas públicas de captação, como dos jogadores, com vários perdendo os seus empregos e fontes de renda. Pudemos perceber que, a cada dia que passa, o quadro se agrava e que não há previsão de melhora. Ninguém pode definir uma data para que as atividades voltem a acontecer normalmente.

Por isso, considerando os decretos estaduais que prorrogam a quarentena constantemente e as decisões já tomadas em outros esportes, acreditamos que o ideal para a BFA seja suspender sua temporada de 2020 até que se possa fazer alguma previsão sobre o retorno das atividades. Desta maneira, a BFA pode ocorrer caso o cenário evolua em tempo hábil e com os times que considerarem possível participar da disputa.

Esta entrada foi publicada em BFA, Campeonatos e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *