OJ Simpson deixa a prisão – Após 9 anos na prisão. ex-jogador da NFL, ganha liberdade condicional


Condenado por assalto a mão armada e sequestro, ex-jogador da NFL vai poder deixar a prisão no dia 1º de outubro

Ex-jogador de futebol americano, O.J. Simpson vai receber liberdade condicional no dia 1º de outubro. Preso há nove anos por assalto a mão armada e sequestro em um cassino de Las Vegas, ele participou nesta quinta-feira de uma audiência na Comissão de Detenção de Lovelock, no estado de Nevada, e ganhou por unanimidade o direito de deixar a cadeia.

Simpson foi condenado a 33 anos de prisão. Agora, com 70 anos de idade e com um histórico de bom comportamento na prisão, o ex-jogador da NFL se enquadrou nos critérios para pedir liberdade condicional, após cumprir o tempo mínimo de pena. Os quatro membros da comissão julgadoram aprovaram o pedido na audiência desta quinta, que durou duas horas.

– Eu vim aqui, passei nove anos sem dar desculpas sobre nada. Estou arrependido que as coisas tenham tomado o caminho que tomaram. Não tinha intenção de cometer um crime. Eu acredito no júri, vou honrar o que eles disseram e não darei problema. Acho que mantive minha palavra. Eu cumpri minha sentença, só gostaria de voltar para minha família e amigos. Acredite ou não, eu tenho amigos reais. Eu cumpri minha pena, tentei ser útil a todos. Lamento pelo que aconteceu, peço desculpas a Nevada – disse O.J. Simpson na audiência.

Simpson demorou a engrenar na NFL. No entanto, em 1973, ele recebeu o prêmio de MVP da temporada. Ele defendeu Buffalo Bills e San Francisco 49ers, terminando a carreira com apenas uma aparição em playoffs e sem conquistar um título de Super Bowl. Mas deixou seu legado em campo.

Inocentado em caso de duplo homicídio

Há 20 anos, O.J. Simpson protagonizou o mais longo julgamento da história do estado da Califórnia, no chamado “julgamento do século”. A ex-estrela do futebol americano foi acusado de ter assassinado sua ex-esposa Nicole Brown e o garçom Ronald Goldman, considerado seu amante, em junho do ano de 1994. O delito catalisou as atenções da mídia e da opinião pública norte-americanas. A perseguição policial atrás de O.J. Simpson chegou inclusive a interromper a transmissão da final da NBA.
Entretanto, mesmo sendo o principal suspeito da morte das vítimas, o ex-jogador foi absolvido de todas as acusações durante o julgamento, transmitido nos principais canais de televisão dos EUA. O processo deu lugar, em 2016, a uma série de televisão intitulada ‘The People v. O.J. Simpson: American Crime Story’ que ganhou vários Globos de Ouro e Emmys.

Esta entrada foi publicada em Ex-jogador, Jogador, OJ Simpson e marcada com a tag , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *