John Urschel, fora da NFL – Aposentadoria precoce do futebol americano


O offensive lineman John Urschel, do Baltimore Ravens, surpreendeu a todos nesta quinta-feira (27) e anunciou sua aposentadoria do futebol americano profissional aos 26 anos de idade. O atleta decidiu pendurar as chuteiras um dia depois do primeiro treino coletivo do training camp da franquia.

A decisão do atleta, que foi anunciada de maneira oficial pelo Baltimore Ravens, se dá dois dias depois de um estudo médico feito pela Universidade de Boston indicar a presença de encefalopatia traumática crônica (CTE, em inglês) em 99% dos cérebros de ex-jogadores da NFL falecidos que doaram os órgãos para pesquisas científicas.

Uma fonte ligada aos Ravens confirmou que a decisão do atleta esteve diretamente ligada aos resultados do estudo. Urschel deixou as instalações do time antes do treinamento sem fazer um comunicado oficial.

“Nesta manhã John Urschel me informou de sua decisão de se aposentar do futebol americano”, declarou o técnico John Harbaugh, em nota. “Nós respeitamos John e respeitamos sua decisão. Agradecemos seus esforços ao longo dos últimos três anos e desejamos a ele o melhor em seus futuros empreendimentos”, completou o head coach.

Harbaugh admitiu que a decisão pegou a todos de surpresa.

“Isso foi do nada. Ele estava trabalhando duro. Estava trabalhando em seus snaps durante todo o verão. Estava fazendo um grande trabalho. Foi definitivamente uma surpresa dessa maneira”, frisou.

O treinador confessou que Urschel explicou sua decisão, mas deixou para o próprio atleta revelar ou não suas justificativas.

“Ele disse que vai se aposentar do futebol americano. (E) que isso foi algo que tem estado na sua cabeça há um bom tempo e durante a offseason. É isso o que ele decidiu fazer. Respeitamos John tremendamente”, pontuou.

Urschel é conhecido por suas grandes habilidades matemáticas e está cursando seu doutorado no Massachusetts Institute of Technology (MIT), com foco na teoria do gráfico espectral, álgebra linear numérica e aprendizagem de máquinas.

A expectativa era a de que ele fosse brigar pela vaga de center titular dos Ravens durante o training camp.

Em janeiro, em entrevista ao programa Real Sports With Bryant Gumbel, da ‘HBO’, Urschel afirmou que sua paixão por jogar futebol americano superava o medo dos riscos de sofrer traumas na cabeça.

“Eu reconheço que isso é um pouco irracional, mas estou fazendo isso. É mais importante para mim que eu seja capaz de fazer as duas coisas que amo. Eu não sei realmente se as pessoas fizeram coisas que eu já fiz. Não sei se vão fazer depois de mim. Mas eu gosto de esculpir meu próprio caminho e não ouvir o que as pessoas dizer que posso e não posso fazer”, declarou na época.

Urschel já teve problemas com trauma na cabeça. Em agosto de 2015, ele sofreu uma concussão quando bateu capacete contra capacete e ficou inconsciente por alguns instantes.

“Acho que prejudicou minha capacidade de pensar bem matematicamente. Levou cerca de três semanas antes de estar pronto para o futebol americano. Levou um pouco mais antes de minha capacidade de visões de alto nível voltar”, observou.

John Urschel recentemente foi nomeado para o 30 under 30 da conceituada revista ‘Forbes’ no campo da ciência. Ele tem seis artigos de matemática publicados e revisados por colegas e tem três mais prontos para revisão.

Selecionado na quinta rodada do draft de 2014 pelo Baltimore Ravens, com a 175ª escolha geral, ele disputou 40 jogos em três temporadas na NFL e foi titular em 13 deles.

Esta entrada foi publicada em Baltimore Ravens, Ex-jogador, Geral, John Urschel, Time e marcada com a tag , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *