Brasil enfrentará Argentina em maior amistoso do esporte já realizado no país

Um dia de “conto de fadas” para o futebol americano no Brasil. Assim pode ser resumido o amistoso entre a seleção brasileira e a argentina, em 16 de dezembro próximo.

O jogo será exibido pela ESPN em toda a América Latina, incluindo o Brasil, numa espécie de “esquenta” para a rodada da NFL. O palco da partida é o estádio do Mineirão, que espera um recorde de público: mais de 10 mil pessoas. E o jogo será um dos primeiros em que os atletas não precisarão desembolsar verba do próprio bolso para defender a equipe nacional.

Com patrocínio do site de passagens aéreas MaxMilhas e do Hotel Ramada Encore, em Belo Horizonte, os atletas viajarão de graça para disputar o jogo amistoso.
“É a primeira vez que a convocação não será feita por aspectos financeiros, será por técnicos. É triste ter que convocar alguém por ser rico. Dessa vez, são os melhores”, afirmou o técnico Gabriel Mendes, do Brasil, ao blog “MVP”.

O “conto de fadas” deve ajudar a promover ainda mais o futebol americano na capital Belo Horizonte. Recentemente, foi criado o time do Sada/Cruzeiro, e BH já teve uma partida no Mineirão para mais de 8 mil torcedores, em duelo válido pelo campeonato brasileiro.

“O Cruzeiro está efetivamente pagando de 10 a 15 jogadores, a maioria deles com passagem pela seleção. Escolheram os melhores do país e, hoje, em Belo Horizonte, tem gente vivendo de futebol americano”, celebrou Mendes.

A expectativa, porém, não é de um duelo de alto nível técnico. Assim como no Brasil, a Argentina ainda engatinha no futebol americano. O país, que é tradicional no rúgbi, costuma ter jogos com apenas 9 na linha, por falta de atletas.
Apesar disso, no dia 16 de dezembro, o futebol americano no Brasil viverá seu dia de Super Bowl.

 

Esta entrada foi publicada em Brasileiro de Futebol Americano, Campeonatos e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *