Arian Foster do Houston Texans é cotado na Bolsa de Valores

Arian Foster

Um astro do futebol americano será o primeiro atleta a ser cotado na Bolsa de Valores. O running back (jogador de ataque que atua mais correndo com a bola e parte de trás da sua linha de bloqueio) Arian Foster, do time de futebol americano Houston Texans, aceitou transformar parte de seus rendimentos futuros em ações e comercializá-las na Bolsa de Valores de Nova York, em Wall Street.

O modelo é similar ao que se chama de securitização de recebíveis e é bastante comum no mercado americano – artistas como David Bowie fizeram isso décadas atrás. A novidade é usar as receitas de um atleta profissional e arrecadar por meio de ações na Bolsa.

Serão colocadas 10,6 milhões de ações por 10 dólares cada de uma empresa criada pelo jogador, que terá como ativo 5% de suas receitas futuras. Vendidas as ações, Foster receberá US$ 10 milhões e a empresa criada para esse fim, 600 mil. Conforme a carreira do jogador for evoluindo, as ações subirão ou cairão de preço. O jogador terá, por outro lado, uma garantia de receita contra eventuais lesões.

O projeto foi criado por uma empresa da Califórnia chamada Fantex. Diante da surpresa que provocou no mercado americano, a Fantex lançou um site com extensas explicações para mostrar que tudo está dentro da legalide e que foi aprovado pela CVM americana.

Transparência

Um dos fatos que permite esse modelo de negócio é o de que nos Estados Unidos os contratos assinados pelos jogadores, tanto com o clube, como com os patrocinadores, são públicos. Os investidores assim podem estimar quanto poderão ganhar.

Um complicador é que o contrato com o clube possui um complexo sistema de pagamento, e até mesmo cláusulas que permitem a demissão
sem pagar qualquer compensação em certas circunstâncias.

No ano que vem, a Fantex poderá fazer o mesmo tipo de operação com outros jogadores, podendo colocálos na Bolsa, se o modelo se revelar
atraente para os investidores.

Esta entrada foi publicada em Geral e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *